Alho-Francês

Para os pequenos gastrónomos, o alho-francês é o campeão!

De onde vem o alho-francês da Blédina?

Para as nossas receitas, selecionamos o alho-francês proveniente de campos exclusivos para alimentação infantil, controlados a cada estação. A fim de garantir a segurança dos nossos pequenos comilões, cada lote de alho-francês colhido passa por profundos testes de qualidade, para analisar os resíduos de contaminantes, como por exemplo os pesticidas.

No final, apenas os melhores são escolhidos e esses são os nossos verdadeiros campeões, prontos a serem utilizados nas nossas deliciosas receitas.

Sabia que?

«No campo, o alho-francês não gosta de esperar!»

Existem duas variedades de alho-francês, segundo a estação em que é plantado e cultivado.

O alho-francês que nasce primeiro, tenro em textura e suave no sabor, é colhido na primavera, entre maio e julho. O alho-francês de outono, com calibre mais grosso, é colhido em outubro.

Porém, cuidado! Se deixarmos um alho-francês muito tempo no solo, aparece uma bonita flor! Nesta altura, poderá já ser demasiado tarde, pois as suas folhas começam a ficar muito duras para o bebé.

Assim, para não perder tempo, os nossos agricultores utilizam uma máquina que os retira com cuidado da terra. Desta forma, a sua raiz e as folhas grandes não comestíveis são imediatamente retiradas.

Diretamente para as nossas cozinhas!

Frio ou quente, o alho-francês é delicioso de várias formas: com vinagrete, cozido, gratinado, em quiches, fondue, sopa…E sim, tem um sabor algo semelhante ao do alho e dos espargos. Nada de surpreendente para primos próximos. 

Descobrir o alho-francês a partir dos 6 meses

Na diversificação alimentar, é pelo sabor subtil e surpreendente das suas folhas (e não do seu tronco como se pensa muitas vezes) que o alho-francês é cultivado e apreciado nas nossas receitas Blédina.

Sabia que?

O alho-francês é um legume rico em água, fonte de vitamina C e vitaminas do grupo B*. Com um sabor característico é um legume de particular interesse para o início da diversificação alimentar, ajudando a alargar a diversidade gustativa do bebé.

Vamos relembrar que, inicialmente, apenas deve oferecer ao seu bebé a parte branca do alho-francês, por ser pouco fibrosa e fácil de digerir. É um legume geralmente bem tolerado pelos bebés.

As folhas do alho-francês são mais ricas em fibra, podendo ser oferecidas alguns meses mais tarde, sob aconselhamento do seu pediatra. 


Alho-Francês

Tem vontade de ajudar o seu bebé a descobrir o alho-francês com as nossas receitas Blédina?

 

A partir dos 6 meses: Creme de alho-francês com peito de peru

Ingredientes:

10g de peito de peru

130g de branco de alho-francês

60g de batata

30g de cenoura

1 colher de café de azeite

Clique aqui para ler a receita completa!

 

Para depois dos 12 meses, podem descobrir pequenos pedaços fundidos com esta receita à base de alho-francês.

 

A partir dos 8 meses: Puré de alho-francês com espinafres

Ingredientes:

80g de alho-francês

85g de espinafres

55g de batata

Por aqui para ver a receita completa...

 

* Tabela da Composição de Alimentos do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge.